Ginast Academia ao ar Livre - Equipamentos Certificados‎
Clique aqui e envie sua mensagem

[Infográfico] Conheça os 5 principais erros ao instalar academia ao ar livre

Os erros ao instalar academia ao ar livre podem parecer simples e inofensivos, mas são caros e, dependendo do caso, bastante arriscados. Um degrau muito elevado ou a ausência de espaço adequado para se locomover entre os aparelhos, pode favorecer tropeços e acidentes. Ainda, se envolver um idoso ou uma criança, o nível de gravidade pode ser um grande problema.

A boa notícia é que tudo isso pode perfeitamente ser evitado com cuidados simples, que observamos no nosso dia a dia. Por isso, neste post, elaboramos uma relação cuidadosa dos erros que podem nos ensinar sobre academias ao ar livre. Confira!

As vantagens da academia ao ar livre

Antes de falar dos erros de instalação, que tal aliviar a carga negativa e conhecer algumas vantagens? Além de proporcionar oportunidades de lazer social, esse tipo de ambiente é o ideal para aliviar o stress, especialmente se você puder instalar os equipamentos em um local espaçoso e repleto de natureza.

Respirar ar fresco, tomar raios solares fora do horário de pico para absorção de Vitamina D, interagir e se dedicar à saúde física faz bem para a mente, o corpo e o espírito.

Além disso, em um condomínio, os moradores contam com mais uma opção de lazer e bem estar, além da valorização do seu imóvel, ainda mais quando são proprietários. Já em iniciativas públicas, instaladas em praças ou parques, a comunidade fica satisfeita com a boa gestão do local e acessibilidade, enquanto em Empresas, os colaboradores ficam mais motivados, saudáveis e produtivos.

Os erros cometidos na instalação

Com plena consciência dos benefícios de uma academia, a partir de agora, partiremos para a análise dos erros de instalação, que dividimos em 5 tópicos.

1. Não avaliar a área

A escolha do tipo de academia adequado ao espaço e às necessidades dos usuários, bem como a seleção dos equipamentos depende diretamente da área destinada à instalação. Mas você não precisa ter grande receio quanto às possibilidades, pois existem soluções muito versáteis disponíveis no mercado.

Contudo, a melhor forma de evitar surpresas, improvisos e inconvenientes é se preparar adequadamente. Por isso, busque ajuda de profissionais e empresas com conhecimento técnico e experiência na instalação de academias ao ar livre.

Espaços menores, por exemplo, podem necessitar de equipamentos multifuncionais. Além disso, a necessidade de lidar com degraus muito altos também são exemplos da precisão de avaliação da área. Um tropeço pode causar acidentes de todos os níveis de gravidade, especialmente se a academia for frequentada por idosos.

Para evitar esse tipo de problema, o ideal é contar com um atendimento consultivo e especializado do seu fornecedor. Esse profissional vai avaliar tecnicamente as condições e apontar a melhor solução para cada caso.

2. Não analisar o solo

Nessa análise do local, a do solo tem um papel de destaque. Ela é importante porque detalhes, como declive acentuado e falta de piso adequado, podem exigir medidas antecipadas de preparo do terreno.

Com a adoção de fixadores do tipo parabolts, as instalações ganharam segurança e facilidades , permitindo uma grande versatilidade, como a instalação em gramados e declives, mas isso só é possível com uma análise prévia de quem conhece os equipamentos.

3. Errar na avaliação dos fornecedores

A análise dos fabricantes é um ponto fundamental nessa problematização, que começa muito antes do seu envolvimento. Afinal, o fornecedor dos equipamentos também precisa garantir a qualidade das matérias-primas que compra ou pode comprometer o resultado da instalação.

Contudo, não é difícil fazer um processo de homologação de fornecedores. Para tanto, considere a estrutura da empresa, além da capacidade de uma análise consultiva sobre a instalação e as escolhas que você precisa fazer. Assim, se o fornecedor não estiver preparado para ajudar com as suas escolhas e comprometido com o sucesso de sua instalação, os riscos aumentam.

Outro ponto determinante é a garantia de que a empresa opere de modo alinhado com as novas normas técnicas, que já foram aprovadas, inclusive com a contribuição da Ginast, mas ainda depende da nomeação de empresas certificadoras, que poderão atestar que os equipamentos são fabricados em conformidade com as regras.

[Infográfico] Conheça os 5 principais erros ao instalar academia ao ar livre 1

Ao mesmo tempo, busque informações sobre a certificação dos fabricantes de matéria-prima. Lembre-se que, da dobra dos materiais usados até sua resistência e leveza, tudo pode ser oficialmente certificado.

4. Improvisar soluções de espaço

A distância mínima dos equipamentos deve ser de um metro e meio, pois é o espaço necessário para evitar tropeços, batidas e acidentes. Sendo assim, é um fator que interfere no conforto e na segurança.

A relação entre o espaço e a quantidade de equipamentos precisa ser pensada em termos funcionais e técnicos, nunca para dar a impressão de grandeza, pois o comprometimento da segurança de uso pode trazer consequências graves para os envolvidos. Por isso, determinar a quantidade certa de equipamentos e a sua qualidade é fundamental.

Não faz muito tempo, qualquer empresa metalúrgica podia fabricar os aparelhos, o que favoreceu a criação de alguns modelos pouco recomendáveis, pesados demais e difíceis de instalar.

É até compreensivo que isso tenha ocorrido, uma vez que uma boa solução precisa combinar leveza com resistência e um bom preço. Ainda assim, esse desafio não é seu, mas do fornecedor, que precisa do conhecimento técnico de engenharia para resolver o problema. Ou seja, existem soluções adequadas para o seu espaço e é isso que precisa ser buscado, não o contrário.

5. Não considerar as necessidades funcionais

Equipamentos de ginástica têm funções específicas, determinadas pelos estudos e pelo conhecimento dos educadores físicos sobre anatomia do corpo humano, o desenvolvimento da musculatura, suas funções e necessidades.

Por isso, é determinante que a academia seja montada de uma maneira que permita a realização de exercícios aeróbicos, funcionais e de alongamento, favorecendo o fortalecimento muscular.

Sem atenção a esses aspectos, a academia ao ar livre pode gerar grande descontentamentos nos usuários mais experientes ou bem informados sobre o que pode ser mais benéfico para a saúde física.

Outro aspecto importante é pensar com o máximo de detalhes nas necessidades dos usuários. Se instalada em uma empresa, provavelmente, a academia será usada após o expediente, mas com uma área anexa para banho, pode ser uma alternativa para antes do trabalho, o que deixaria os profissionais mais dispostos durante o dia.

No caso da instalação em uma praça, com maior frequência no começo da noite, pode ser necessária a inclusão de uma boa iluminação, bem como em um condomínio — aqui, o convênio com um bom educador físico pode ser um benefício a mais para os usuários.

processo de compra de academia ao ar livre

A Ginast e seus diferenciais

De modo geral, a Ginast comprovou em sua experiência de fabricação e orientação aos seus clientes a importância de focar no custo-benefício. Nossos equipamentos são leves, práticos, fáceis de fixar e economizam nos gastos com preparo do solo e na resistência aos fatores do clima e do ar.

Ainda, com fornecedores certificados, a matéria-prima evita problemas de qualidade no ciclo de produção, aumenta a eficiência e elimina custos causados por desperdícios, paradas e quebras.

Contudo, nossa maior contribuição para evitar erros ao instalar academia ao ar livre está no investimento que fazemos no preparo de nossa equipe. Ela está pronta para assumir uma postura consultiva e ajudar na sua decisão.

Entre em contato e tenha uma análise detalhada sobre a melhor escolha para o seu caso.

orçamento de academias ao ar livre
0