Ginast Academia ao ar Livre - Equipamentos Certificados‎
Clique aqui e envie sua mensagem

Qual a importância e como elaborar um edital completo? Entenda aqui

Qual a importância e como elaborar um edital completo? Entenda aqui

Um edital completo requer uma profunda gama de informações. Anunciar a abertura de uma licitação gera o interesse de dezenas de empresas, o que significa uma grande responsabilidade. Por isso, analistas de licitações e outros profissionais envolvidos no setor precisam entender o impacto de seu trabalho, e isso passa por gerar documentos detalhados e precisos.

Nem sempre os editais de compra têm as especificações necessárias que o órgão deseja. Por vezes, isso implica perda de tempo e investimento por parte das empresas que se colocam como concorrentes. Conquistar uma licitação só é possível a partir do entendimento do que o licitante realmente pretende. Logo, é importante trabalhar em editais completos.

Neste post, mostramos qual a importância de um trabalho benfeito e quais pontos são essenciais em um edital. Confira!

Qual a importância de elaborar um edital completo?

Contratando serviços ou produtos, licitantes precisam ser transparentes e claros em suas necessidades. Toda vez que um órgão abre uma licitação, automaticamente há muitas empresas trabalhando para alcançar a adequação desejada. No entanto, isso depende também de como o licitante consegue tornar viável as suas exigências, o que passa naturalmente por um edital.

O documento é fundamental para que se entenda, primeiramente, quais são as necessidades do licitante. Um órgão público pode precisar de qualquer produto ou serviço, mas é claro, sempre há adequações importantes. Por isso, quanto mais completo for o edital, melhor será a seleção de empresas realmente capazes de entregar uma proposta adequada com o que o licitante deseja.

Quais são os pontos que devem constar no edital?

Desenvolver um edital completo pode ser um desafio, muitas vezes. Ainda assim, essa é a melhor forma de garantir a obtenção não só de um produto ou serviço, mas de toda infraestrutura necessária, que pode incluir mão de obra, manutenção e preparação de locais para a instalação de equipamentos.

A seguir, entenda alguns dos principais pontos essenciais que devem constar em um edital completo!

Quantidade e tipos de equipamentos

Um edital precisa ter a quantidade exata de equipamentos necessários para o projeto. Essa é uma informação relativamente básica e ajuda o fornecedor a se preparar. Assim, há maior qualificação, ou seja, o edital reunirá somente as empresas capazes de oferecerem o que se espera delas.

Uma academia ao ar livre, por exemplo, é um projeto que pode variar bastante. Em licitações para prefeituras, a quantidade de equipamentos vai depender de fatores como o tamanho da praça. Além disso, é preciso especificar quais são os aparelhos necessários, o que também varia de acordo com o tipo de projeto — se é uma academia para a terceira idade, parque infantil e por aí vai.

Especificações técnicas

As especificações técnicas também ajudam a selecionar apenas os fornecedores realmente qualificados. Essas informações devem detalhar quais os materiais usados nos equipamentos, como eles estarão preparados para a fixação no solo, entre outros quesitos fundamentais.

Em alguns casos, pode ser necessário realizar adaptações. Dessa forma, se há todas as especificações no edital, os fornecedores candidatos podem se preparar a tempo. Um documento completo é fundamental para que o licitante receba o melhor produto possível.

Qual a importância e como elaborar um edital completo? Entenda aqui 1

Adequações e personalizações

Alguns projetos precisarão de importantes adequações, logo, o edital deve especificar tal necessidade. Aliás, muitas dessas adaptações e personalizações são fundamentais para determinados projetos, já que se tratam de uma questão de segurança, por exemplo. Por isso, se os licitantes não descrevem suas demandas, dificilmente encontrarão um fornecedor qualificado.

Grande parte das personalizações e adaptações requer um trabalho bem mais complexo que o comum. Isso demanda investimentos e força de trabalho do fornecedor, logo, ele deve entender exatamente o que o solicitante precisa. Do contrário, pode ser que a empresa vencedora da licitação não seja capaz de atender às necessidades do órgão público.

Mão de obra de instalação

A mão de obra deve também estar inclusa em muitos desses fornecimentos. Quando tratamos de academias ao ar livre, a instalação é um importante ponto. Os editais precisam exigir esse trabalho, o que deixa claro ao fornecedor como será sua prestação. Nesses casos, não se trata somente da compra dos equipamentos, mas também da instalação deles no local.

Sendo assim, é importante que o licitante entenda quais são todas as limitações e especificidades do terreno. Isso ajudará empresas que fornecem materiais a saberem exatamente qual é o trabalho a ser realizado junto com construtoras que cuidam da área na qual a academia será instalada.

Prazos e condições

Por fim, prazos e condições são outra categoria de informação importante para um edital completo. Afinal, potenciais fornecedores precisam entender qual é a urgência do solicitante e, então, adaptarem-se para serem capazes de entregar dentro do período desejado. Por isso, a falta de sinalização em relação aos prazos pode causar muitos problemas.

As condições de aquisição também devem ser devidamente detalhadas, de forma a garantir que empresas não sejam prejudicadas ao se candidatarem a licitações não vantajosas para elas. O problema pode ser evitado se o edital trata de todas as condições adequadamente.

Quais são as melhores práticas para a elaboração do edital?

Um edital completo depende de boas práticas na hora de abrir uma licitação. A seguir, veja sobre o que um órgão precisa se preocupar no momento de redigir esse documento!

Concentrar serviços em um fornecedor

Quanto mais serviços e produtos forem concentrados em um fornecedor, melhor. Isso garante mais tranquilidade na gestão da licitação, além de qualidade na execução do projeto. Assim, é possível eliminar qualquer divergência e aproveitar fluxos de trabalho únicos que prezam por qualidade.

Definir todas as regras detalhadamente

Todas as regras do edital precisam ser detalhadas minuciosamente, de maneira a garantir que não haja nenhuma brecha ou falta de informações importantes. Assim, tanto licitante quanto o fornecedor saem ganhando.

Um edital completo só gera um resultado: fornecedores qualificados e totalmente prontos para entregar o que licitantes desejam. O sucesso de um projeto passa pelo detalhamento das exigências que órgãos têm a fazer para fornecedores. Desse modo, a relação acontece da melhor maneira, favorecendo todas as partes envolvidas.

Gostou do que leu? Que tal, então, conhecer o trabalho da Ginast, maior fornecedora de equipamentos de academia ao ar livre no Brasil? Entre em contato conosco agora mesmo!

Qual a importância e como elaborar um edital completo? Entenda aqui 2
0