Ginast Academia ao ar Livre - Equipamentos Certificados‎
Clique aqui e envie sua mensagem

[Infográfico] Qual é o melhor formato de uma academia ao ar livre? Entenda aqui

Decidir pelo formato de uma academia ao ar livre é uma importante etapa no processo de escolhas. Para realizar a seleção certa, no entanto, as empresas devem avaliar alguns fatores importantes — já que diversas questões podem influenciar nesse formato, incluindo o espaço disponível para montar a estrutura. O importante é focar em funcionalidade e aproveitamento da área.

Por isso, para cada projeto é necessário realizar uma avaliação técnica detalhada. Cada espaço disponível tem suas vantagens, que podem ser incorporadas ao resultado da academia. Isso garante que as características naturais da localidade sejam preservadas, invadindo minimamente o ambiente. Essa é a proposta para ter um local agradável e eficaz na proposta de academia.

Neste post, mostraremos com mais detalhes como funcionam esses diferentes formatos e o que interfere na escolha por eles. Saiba mais a seguir!

Entenda mais sobre o conceito de academia ao ar livre

Os projetos de academia ao ar livre são voltados para oferecer qualidade e funcionalidade a espaços que possam ser explorados. Assim, se torna possível planejar uma infraestrutura de destaque em locais variados, como praças ou, até mesmo, espaços que antes não eram utilizados. O custo, naturalmente, é menor do que o de uma academia tradicional.

Os aparelhos mecânicos de academia ao ar livre são cada vez mais modernos. A ideia é que eles sejam de fácil utilização, com foco na intuitividade, e alta funcionalidade. Isso garante que praticamente não haja a limitação de faixas etárias e pessoas com limitações físicas. Assim, a ideia de um espaço democrático consegue ser aplicada de maneira eficaz.

Menor custo e oferta em diversos cenários

Os projetos de academia ao ar livre são voltados para instituições de maior porte, como prefeituras, condomínios e, até mesmo, empresas privadas. Na maioria das vezes, o contratante quer oferecer um espaço de saúde e interação social sem que haja custos para os usuários. Consequentemente, isso demanda a necessidade de adaptação aos mais variados espaços disponíveis.

Conheça os principais formatos de uma academia ao ar livre

O formato de uma academia ao ar livre é um ponto fundamental na hora de planejar o projeto. A área disponível precisa ser considerada para que todos os equipamentos sejam comportados. Além disso, é importante que o local seja uma área funcional de convivência, trânsito e utilização. Por isso, uma equipe de engenheiros qualificada e experiente deve estar à frente de cada projeto.

Atualmente, os principais modelos de academia são os redondos e retangulares. Eles são inspirados em espaços mais recorrentes, como áreas de lazer em condomínios, espaços dentro de empresas ou as praças públicas (que podem ser circulares em algumas localidades). Para cada formato é possível construir um espaço único e totalmente qualificado.

A decisão por um formato de uma academia ao ar livre

Esse é um processo que depende de uma série de análises feita pela equipe especializada do fornecedor. O ideal é que haja um atendimento consultivo, que vai considerar questões como:

  • tamanho do espaço (em metragem);
  • escolha da disposição dos equipamentos (o cliente pode escolher);
  • análise de fatores como sombras, área verde e limitações do espaço.

Por isso, fornecedores nunca sugerem um formato de academia ao ar livre antes de avaliarem a área disponível. Em alguns casos, o próprio local já tem um modelo definido, como é o caso das praças redondas. Assim, a estrutura de delimitação é utilizada, com o fornecedor apenas projetando a disposição dos aparelhos naquela área.

Por padrão, os fornecedores apenas entregam os equipamentos para que o contratante realize a instalação. No entanto, em alguns casos, há a oferta de serviços extras voltados à projeção de como será a academia, o que inclui a decisão pelo formato da mesma.

Os aparelhos que podem ser utilizados

Independentemente do formato de uma academia ao ar livre, os principais aparelhos disponíveis atualmente podem ser incluídos em qualquer disposição. Os principais são:

Veja quais são as características mais recomendadas para uma área adequada

Como vimos, o formato de uma academia ao ar livre pode variar, mas é ainda mais importante entender se o espaço em questão está pronto para receber os equipamentos. A seguir, confira quais são as características indispensáveis para um projeto de sucesso.

Espaços planos e lineares

É fundamental que os espaços sejam minimamente planos. Isso garante que a instalação de cada equipamento seja facilitada, sem que haja uma intervenção maior e mais complexa no solo. Além disso, o alinhamento dos equipamentos é necessário para que a prática do exercício aconteça de maneira adequada. Do contrário, os usuários da academia podem ter a experiência comprometida.

É possível montar academias ao ar livre em áreas que não sejam 100% planas, mas elas também não podem ter irregularidades que interfiram no funcionamento dos aparelhos.

Também é de grande ajuda que esses espaços sejam lineares. Assim, é mais fácil encaixar os aparelhos dentro de uma área retangular, como uma caixa, sem que haja cantos, por exemplo. Se a área é bem delimitada, o trabalho fica ainda melhor, já que é possível definir um espaço de maneira clara. Isso gera mais conforto e segurança para os praticantes.

Áreas com arborização

Árvores não são exatamente um requisito fundamental, mas podem ser de grande ajuda para a experiência de uso da academia ao ar livre. Elas são um recurso natural que ajuda no controle de temperatura no local. O principal benefício das árvores dentro da área das academias é a sombra que pode ser gerada, além do vento. Esses dois elementos deixam a prática de exercícios melhor.

É preciso, no entanto, ter cuidado com o tipo de árvore. Se as raízes estiverem para fora do solo, há o risco de que isso atrapalhe a fixação dos aparelhos. Outro perigo são as árvores que dão frutos, pois elas podem causar acidentes com os usuários da academia. Um meio-termo é fundamental para que a árvore seja um elemento que vai somar ao projeto.

O formato de uma academia ao ar livre é um detalhe importante e que pode influenciar na experiência dos usuários. Entretanto, essa é uma definição que depende muito mais do espaço oferecido. A partir disso, montar uma academia que vai valorizar o ambiente e trazer qualidade de vida fica mais fácil.

A Ginast pode ajudar sua empresa, condomínio ou instituição a ter uma academia de qualidade. Entre em contato conosco e saiba mais sobre nossos serviços!

[Infográfico] Qual é o melhor formato de uma academia ao ar livre? Entenda aqui 1

[Infográfico] Qual é o melhor formato de uma academia ao ar livre? Entenda aqui 2
0