Dia da Mulher: Mulheres Esportistas Mais Famosas

Dia da Mulher: Mulheres Esportistas Mais Famosas

Compartilhe:

O esporte é um meio em que muitas mulheres conseguiram encontrar seu objetivo e dedicação para a vida, e algumas delas se eternizaram como exemplos para todas as outras mulheres

Não é de hoje que o esporte age como uma excelente oportunidade para realizar sonhos. Inclusive, esse é o sonho de muitas mulheres em relação à igualdade de gênero.

O esporte é um direito que todos têm, e quem pratica deve ser respeitado independente se é homem ou mulher, já que isso não é o mais importante para a prática dessa arte, mas sim o entendimento e o talento.

Assim como em toda a sociedade, a igualdade de gênero ganha cada vez mais aceitação nos esportes. O que parece ser algo comum para nós, mulheres empoderadas que somos, há alguns anos atrás era proibido, como, por exemplo, participar de competições.

Hoje, já é possível encontrar muitas mulheres esportistas que servem como verdadeiros exemplos de empoderamento para nós que estamos um pouco distantes desse mundo dos esportes.

O esporte se tornou uma verdadeira forma de mostrar toda a capacidade que nós temos em fazer o que mais gostamos. Hoje é possível encontrar atletas femininas em praticamente todas as modalidades do esporte.

Isso é um verdadeiro orgulho, tanto para nós mulheres, como até mesmo para alguns homens, que não têm como seu foco no esporte o preconceito, mas sim o espírito esportivo e a humildade de aceitar que temos talentos, assim como eles ou até maiores.

Com o dia da mulher, queremos mostrar para vocês algumas que são muito boas mesmo no que fazem, ou seja, são figuras de empoderamento que podem servir de grande exemplo para nós.

Mulheres Esportistas Super Talentosas

Dá só uma olhada para quantos exemplos de mulheres do esporte que você pode seguir para a sua vida!

1 – Simone Biles

simone biles ginasta

Simone é uma das mulheres que podemos afirmar que literalmente nasceu para praticar a atividade que mais ama na vida, a ginástica olímpica.

Quando a ginasta tinha apenas 6 anos de idade, uma excursão da escola foi cancelada, e então a turma da escola foi visitar um centro de ginástica olímpica, onde ela ficou apaixonada e, naquele mesmo dia, impressionou a todos.

No centro de ginástica, havia vários instrutores que viram os movimentos que a pequena de apenas 6 anos começou a fazer quando estava empolgada, vendo todas aquelas pessoas que treinavam há tempos fazerem.

Então, os próprios instrutores mandaram um bilhete para seus pais, para indicar que eles colocassem a filha em algumas aulas, e assim foi feito.

Quando Simone tinha apenas 19 anos, virou um verdadeiro fenômeno da ginástica olímpica e já tinha 3 títulos nacionais e 14 medalhas conquistadas em mundiais, com 9 delas de ouro.

Além desses prêmios, a ginasta conquistou mais 5 medalhas, com 4 de ouro, e no ano de 2016 fez a sua primeira participação nas Olimpíadas no Rio de Janeiro.

2 – Marta Vieira da Silva

marta jogadora de futebol

Marta é uma verdadeira joia que o nosso país tem, e precisamos valorizar muito isso. Em relação a números, Marta tem muito mais do que os jogadores masculinos.

Considerada a maior artilheira da seleção brasileira tanto feminina quanto masculina, ela conseguiu fazer incríveis 101 gols e conquistou nada mais nada menos do que 5 títulos de melhor jogadora do mundo.

Marta também é considerada a maior artilheira em Copas do Mundo no futebol feminino, pois marcou 15 gols, conquistou 2 medalhas de prata nas olimpíadas e mais 2 medalhas, essas de ouro, nos jogos pan-americanos.

Marta faz parte das mulheres esportistas mais empoderadas do Brasil, já que no esporte que as pessoas mais julgam ser para homens, ela conseguiu conquistar diversas premiações.

Você também pode gostar de: Dicas e apps para montar o seu programa de exercícios!

3 – Hélia Souza “Fofão”

fofao jogando volei

Outra mulher que precisamos aplaudir de pé! Hélia é uma das mulheres jogadoras de voleibol que conseguiu conquistar mais vitórias, com um total de 340 partidas.

Nas Olimpíadas, Hélia é uma verdadeira campeã. Conquistou medalha de ouro no ano de 2008, também conseguiu conquistar a medalha em mais outras duas competições e levou a medalha de bronze para casa no ano de 1996 em Atlanta.

Ela joga como levantadora e conquistou 4 medalhas em mundiais, entre elas uma de ouro em Doha no ano de 2010, 4 em copas do mundo e 1 medalha de ouro nos jogos Pan-Americanos.

4 – Rafaela Silva

rafaela silva medalha

Rafaela viveu uma realidade que muitas pessoas infelizmente ainda sofrem, tanto no esporte como em qualquer outro lugar: o racismo.

Ao participar dos jogos de Londres, no ano de 2012, Rafaela, que é um dos maiores nomes femininos do judô, sofreu injúrias raciais. Mas mesmo com essa e outras dificuldades, conseguiu superar e se tornar essa grande mulher.

Rafaela entrou para a história como a primeira brasileira a ganhar o mundial de Judô no ano de 2013, e de lá para cá, sua trajetória tem sido só vitórias. Três anos ela conseguiu conquistar o ouro olímpico nas Olimpíadas do Rio na categoria até 57kg.

5 – Fabiana de Almeida Mürer

fabiana murer saltando

Fabiana é um verdadeiro exemplo para nós que, muitas vezes, achamos que está tarde demais para realizar nossos sonhos.

Mesmo com a falta de aprovação de muitas pessoas, Fabiana não desistiu de fazer parte da Ginástica Artística e ela estava certa em correr atrás do seu sonho sem se importar com o que diziam sobre.

Consideravam Fabiana uma mulher muito alta e muito velha para começar a participar desse esporte. Mas, persistente como foi, conseguiu ser campeã mundial por duas vezes no salto com vara.

Mas não parou por aí: Fabiana conseguiu conquistar o primeiro lugar do ranking da IAAF no ano de 2014. Teve sua última apresentação nas Olimpíadas do Rio de Janeiro e então, se aposentou aos 35 anos de idade.

Fabiana tem nosso total respeito e admiração por ter se tornado uma das maiores mulheres esportistas do Brasil.

6 – Amanda Nunes

amanda nunes lutadora

Amanda também faz parte daquele time de mulheres que infelizmente ainda escutam comentários como “esse esporte não é para mulher”. Mas é aí que muitos se surpreendem com a campeã.

Amanda pratica MMA, participou de 17 lutas e teve vitória em 12 delas. Vale citar que 9 vitórias aconteceram por nocaute.

Ela é faixa-preta em jiu-jitsu e conseguiu conquistar também o cinturão do peso galo feminino no mês de Julho de 2016.

Mulheres Poderosas Também Praticam Atividade Física

As mulheres que se sentem bem com a sua auto-estima e com o seu corpo são mais felizes, confiantes e empoderadas. É exatamente isso que nós queremos para você!

Claro que se você não gosta de praticar esporte, não precisa tentar entrar para a lista das mulheres mundialmente famosas pelo esporte, mas praticar exercício físico ao ar livre é muito recomendável é tão benéfico quanto.

Então não deixe para depois! Aproveite os espaços de academia ao ar livre que existem perto da sua casa e sinta um pouquinho da adrenalina e da emoção que as grandes mulheres esportistas brasileiras sentem também!

Compartilhe:

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação de

Assine nossa newsletter

Fique por dentro das nossas novidades, cadastre-se já e receba novidades e promoções

O que você está esperando?

Desenvolvemos projetos que se adequam ao seu orçamento e espaço.
Podemos construir a academia perfeita para a sua cidade, empresa ou condomínio.
Trabalhamos para superar suas expectativas e oferecer o melhor custo-benefício.