Como Reeducar a Alimentação e Manter a Forma Ideal

Antes de começar dietas absurdas, é importante entender como se alimentar melhor e manter uma vida saudável

Se engana quem pensa que para emagrecer é preciso fazer dietas radicas ou simplesmente ‘fechar a boca’. Este tipo de emagrecimento pode prejudicar sua saúde e ainda por cima causar o efeito sanfona: quando a pessoa engorda e emagrece com certa frequência.

Antes de tudo é preciso fazer uma reeducação alimentar e conhecer bem os alimentos para saber o que pode ou não ajudar neste processo de emagrecimento para que você não corra o risco de perder toda a evolução que já teve.

A parte mais difícil sempre é começar, mas saiba que a reeducação alimentar consiste em poder comer de tudo um pouco, apenas controlando a quantidade e excessos. Por não ser uma dieta totalmente restrita, facilita mais a sua prática.

O processo de perda de peso é um pouco mais lento e gradativo, mas esta é a forma mais saudável de emagrecer e não perder saúde, além de não correr o risco de recuperar o peso novamente.

Verduras Para Começar Uma Vida Saudável

Como começar?

Primeiro é importante consultar um médico e realizar exames para saber como está sua saúde e se você precisa evitar algum tipo de alimento. Uma pessoa com diabetes ou intolerância à lactose, por exemplo, necessita de um cuidado maior aos ingredientes dos alimentos.

É importante também beber 2lt de água por dia para que o corpo tenha hidratação e a água auxilia também na desintoxicação. Se você não gosta de tomar água, acrescente alguns pedaços de frutas para dar sabor ou beba chá sem açúcar.

Outra dica importante é não ficar muito tempo em jejum. Coma de 3h em 3h e sempre porções pequenas, sem exageros. O principal mesmo é escolher bem os alimentos que serão consumidos, opte por frutas, verduras e lanches saudáveis, evite os industrializados.

Além de escolher bem os alimentos, para fazer uma reeducação alimentar eficiente é importante também prestar atenção no que você está ingerindo, saboreando cada alimento e mastigando bem, sem pressa. Comer rápido faz com que você coma mais que o necessário.

Caso você não goste de frutas e verduras, pode testar novas formas de ingeri-las como, por exemplo, elaborando pratos mistos, utilizando algum tempero ou molho (mas que seja saudável) e também pode introduzir as verduras e legumes em sanduíches e bolos.

Se você não tenha muita criatividade para inventar receitas mais saudáveis, você pode criar cardápios no início da semana para saber exatamente o que preparar para café, almoço e janta. Após um tempo você se acostuma com a rotina e ela se torna um hábito.

Cuide na hora de comprar alimentos industrializados e, se possível, sempre opte por comprar frutas e verduras em locais especializados nisto pois como são alimentos muito frágeis, no mercado elas podem estragar com mais rapidez.

Escolher alimentos ricos em fibras auxiliam a digestão e saciam a fome por mais tempo, mas fique atento ao que diz nas embalagens pois há alimentos industrializados integrais que podem ser mais calóricos que as versões normais.

Com o tempo você irá se acostumando a ingerir menos quantidade de alimentos e perceberá que não há necessidade de comer além do que já está comendo.

Muitas vezes descontamos a ansiedade e estresse na comida, comendo além do necessário e alimentos totalmente calóricos. Ao iniciar a reeducação alimentar é preciso também trabalhar a sua consciência para que não caia nessas armadilhas novamente.

Exercicios Fisicos

Antes de ingerir algum alimento pense o porquê de estar comendo ele: é realmente fome? Ou é apenas gula? É para aliviar o estresse ou ansiedade? Pense antes de se alimentar e durante a refeição desfrute com calma o alimento ingerido.

Faça um teste de uma semana diminuindo aos poucos os alimentos mais calóricos, fazendo opções mais saudáveis e evitando comer quando não estiver com fome.

Evite também comer na frente da televisão ou computador, pois fazendo isto a tendência é exagerar na quantidade ingerida. Quando for se alimentar, foque apenas nisto. A refeição deve ser um momento de prazer e relaxamento, não faça mais nada enquanto se alimenta.

Um grande erro que as pessoas cometem é pensar apenas em diminuir o número na balança, mas é importante ficar atento ao peso saudável para sua idade e altura. Não foque apenas no peso, pense na qualidade de vida e saúde.

Antes de iniciar esta nova rotina de alimentação, consulte um nutricionista e faça exames para ver como está sua saúde. Após alguns meses com este novo hábito, refaça os exames para perceber como sua saúde melhorou, mesmo que seu peso não tenha mudado tanto.

Exercícios físicos também são importantes e aliados com uma reeducação alimentar garantem mais saúde, disposição e bem-estar, basta ter força de vontade para começar e procurar um médico para auxiliar nesta nova rotina.

Gostou? Leia também:

Últimas do Blog

Acompanhe o nosso blog e tenha informações sobre qualidade de vida, diversão e inclusão social

Assine nossa newsletter

Fique por dentro das nossas novidades, cadastre-se já e receba novidades e promoções

O que você está esperando?

Desenvolvemos projetos que se adequam ao seu orçamento e espaço.
Podemos construir a academia perfeita para a sua cidade, empresa ou condomínio.
Trabalhamos para superar suas expectativas e oferecer o melhor custo-benefício.