7 Exercícios Funcionais Que Você Pode Fazer em Uma Academia Ao Ar Livre

Os treinos funcionais permitem trabalhar o corpo de forma completa sem utilizar cargas durante a prática de exercícios físicos

Com o objetivo de proporcionar mais saúde e bem-estar para seus praticantes com risco praticamente nulo, os exercícios funcionais estão sendo considerados o futuro da musculação, e um bom lugar para se exercitar é nas academias ao ar livre.

Os treinos funcionais são aqueles realizados com os movimentos naturais do ser humano, como correr, pular, abaixar, empurrar, entre outros, sem utilizar nenhum peso extra como ocorre na musculação.

Ao invés disso, são usados pesos livres, como aparelhos sem carga, elásticos, cordas, bolas e hastes, o que acaba com os movimentos mecânicos e os eixos definidos da pessoa que está praticando.

Academia ao ar livre para treinos funcionais

Os treinos funcionais são os que podem ser praticados sem um peso definido e ajudam a proporcionar mais bem-estar.

Além disso, ele é focado nas necessidades do praticante, o que permite atingir resultados como fortalecimento muscular e queima de calorias rapidamente, e ainda previne lesões e gera melhorias cardiovasculares.

Lembre-se que os exercícios funcionais não garantem o aumento da massa muscular, mas são uma boa opção para quem deseja obter condicionamento físico e possuir força em todo o corpo.

Pessoas treinando em academia ao ar livre

Os exercícios funcionais são uma boa opção para quem deseja obter condicionamento físico e adquirir mais força.

Para treinar os seus músculos de forma integrada, vá para a academia ao ar livre mais próxima e inicie os exercícios a seguir nos aparelhos para treinamento funcional:

Esqui nos treinos funcionais

aparelho de esqui que permite exercitar quase todas as partes do corpo, pois são ativados pernas, quadril, braços e ombros. Ele vai auxiliar a melhorar a sua função cardiorrespiratória e o seu equilíbrio.

Para isso, é preciso encaixar os pés no suporte do equipamento e deslizar as penas para frente e para trás. Os braços seguram as hastes e acompanham o movimento. Lembre-se de manter a cabeça voltada para frente para não sobrecarregar a região do pescoço.

Instrução de como utilizar o aparelho de esqui

O aparelho de esqui vai ajudar a melhorar sua função cardiorrespiratória e o seu equilíbrio.

Tríceps na barra

Nas barras fixas de menor altura, é possível treinar não apenas o tríceps, mas também o peitoral, o ombro, o cotovelo e a cintura escapular. Você fortalecerá toda a região e ficará cada vez mais resistente com um único exercício.

O movimento deve ser executado de costas para a barra: apoie as mãos no equipamento, deixando os cotovelos para trás. Vá descendo o corpo sem encostá-lo no chão e suba novamente até esticar quase completamente os cotovelos.

Barras fixas de menor altura para tricepis

Os tríceps na barra fortalecerão a região e ficarão cada vez mais resistentes com um único exercício.

Circuito funcional com pressão de pernas

O exercício realizado no equipamento de pressão de pernas é capaz de trabalhar toda a região inferior do corpo, como pernas, coxas e quadris. Para usá-lo corretamente, você deve se sentar, apoiar os pés no local adequado e executar movimentos para frente e para trás, mas sem estender totalmente a articulação dos joelhos.

No mesmo aparelho, você também pode fortalecer a região das panturrilhas ao esticar totalmente os joelhos e movimentar somente os pés, indicado principalmente para as pessoas que precisam de força nesse músculo, como ciclistas e corredores.

Equipamento de pressão de pernas

O aparelho de pressão de pernas trabalha a região inferior do corpo, como pernas, coxas e quadris.

Barra supinada

Nas barras altas, é possível fazer um treino de barra fixa. O mais indicado é começar com a pegada supinada, em que as palmas das mãos estão voltadas para você, e o dorso do lado oposto. Use a sua força para subir até que o seu queixo fique na altura dos seus cotovelos e desça novamente, esticando totalmente os cotovelos.

O exercício trabalha principalmente os bíceps, mas, para variar a quantidade de músculos envolvidos, varie a abertura das pegadas.

Barra supinada para treinos funcionais

O exercício na barra supinada trabalha principalmente os bíceps.

Treinamento funcional no aparelho de surf

Essencial para flexibilizar as pernas, o quadril e a região lombar, treinar nesse equipamento de surf poderá fazer com que as suas dores nas costas diminuam. Ele é muito simples de usar: basta subir com os dois pés na plataforma, segurar firme nas barras laterais e começar a se balançar de um lado para o outro.

O movimento horizontal também vai auxiliar a definir a cintura, deixando-a cada vez mais fina.

Equipamento de surf no treinamento funcional

O treino funcional no equipamento de surf ajuda a flexibilizar as pernas, o quadril e a região lombar.

Aparelho funcional de rotação

Existem diversos tipos de aparelhos de rotação, como o diagonal, o vertical e o duplo. Os benefícios de praticar exercícios são semelhantes, pois eles fortalecem e aumentam a mobilidade dos braços, ombros e cotovelos. Os duplos, ainda, são capazes de auxiliar na coordenação motora, pois devem ser utilizados ao mesmo tempo.

Eles devem ser girados para ambos os sentidos para que você perceba as mudanças causadas pelo exercício. Para evitar lesões na coluna, posicione-se bem próximo ao equipamento, assim você não precisa inclinar o corpo à frente.

Aparelho de rotação no treinamento funcional

Os exercícios nos aparelhos de rotação fortalecem e aumentam a mobilidade dos braços, ombros e cotovelos.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notificar de
avatar
wpDiscuz